fbpx

Dia: 6 de abril de 2021

[Espanha] Madrid: Nem uma rua, nem um bairro, nem um respiro ao fascismo. Sobre a próxima visita do VOX a Vallekas A.N.A.
Notícias Ativistas

[Espanha] Madrid: Nem uma rua, nem um bairro, nem um respiro ao fascismo. Sobre a próxima visita do VOX a Vallekas A.N.A.

O que [o partido] Vox pretende fazer é claramente uma provocação, como quando os nazis do MPS (Movimento Patriota Socialista) no ano de 2009 tiveram a fatal ideia de fazer uma manifestação que passava pelo metrô de Puente de Vallekas. Ou como quando o NR (Nação e Revolução) tentou terminar sua manifestação em Tirso de Molina no ano de 2009, também a modo de provocação e prévia expulsão por parte da polícia de todos os migrantes que se encontravam na praça. A modo de pequena recordação, assinalar que 18 pessoas foram detidas e processadas por enfrentar os nazis na contramanifestação de Vallekas, por tentar alcançá-los e por deter a marcha e o normal transcurso da mesma. Igualmente em Tirso de Molina, os distúrbios e enfrentamentos, fizeram com que os nazis tiveram que abandonar o bairro se...
[Galícia] Um tributo ao anarquista russo Pyotr Kropotkin A.N.A.
Notícias Ativistas

[Galícia] Um tributo ao anarquista russo Pyotr Kropotkin A.N.A.

Por L. Penide | 29/03/2021 A Fundação Cuña-Casasasbellas anunciou que a Sala VerSus acolherá a partir de quinta-feira a conferência e exposição que prestará homenagem a Pyotr Kropotkin por ocasião do centenário de sua morte. Organizada pelo Ateneu Libertário de Pontevedra com a colaboração da CGT, após os compromissos destes últimos dias, esta tarde (19 horas), Jordi Máiz falará sobre a Vigência do Pensamento e Ação em Kropotkin. Devido as restrições sanitárias, todos os interessados em comparecer devem confirmar sua presença pelo e-mail hipofanias@gmail.com ou pelo telefone 627 791 645. Os locais serão cobertos por ordem de inscrição até que a capacidade total seja atingida. Por sua vez, a exposição sobre a vida e a obra do anarquista russo Pyotr Kropotkin pode ser visitada até 21 de mai...
[Itália-Grécia] Koufondinas: um, poucos, dez mil A.N.A.
Notícias Ativistas

[Itália-Grécia] Koufondinas: um, poucos, dez mil A.N.A.

Janeiro de 2021: quando começa a greve de fome de Dimitris Koufondinas, poucas pessoas saem às ruas para apoiar sua luta e, assim que uma faixa é desfraldada, as acusações policiais começam pontualmente, de acordo com as diretrizes de um governo cuja agenda política inclui a guerra aberta contra qualquer forma de oposição social. Março 2021: Por trás da faixa que diz “Nasci em 17 de novembro” (foto), mais de dez mil pessoas se manifestam nas ruas de Atenas. O que aconteceu nestes dois meses? Quais foram os elementos que contribuíram para uma mudança tão drástica da situação na Grécia? Como se explica tal ampliação da solidariedade com um companheiro condenado a várias penas perpétuas por suas atividades na mais importante organização armada da Grécia? “O que está acontecendo lá fora é mui...