Autor: Gambiarra MiniDoc

Perfil do Site Gambiarra MiniDoc, dedicado a produção de textos e vídeos-ensaios em forma de MiniDocs com temática filosófica, artística, social, científica e anarquista.
[França] Prostitutas, freiras e anarquistas: a história não contada das mulheres que moldaram Paris
ANA, Notícias Ativistas

[França] Prostitutas, freiras e anarquistas: a história não contada das mulheres que moldaram Paris

Um dos bairros mais icônicos de Paris foi fortemente influenciado por um conjunto diverso de mulheres: prostitutas, freiras, uma artista travesti e ativos revolucionários. Seu papel, frequentemente negligenciado nos livros de história, é o centro de um novo conceito de turismo que focaliza nas mulheres francesas que moldaram a capital. “É o tipo de coisa que, uma vez que você percebe, está em todos os lugares”, disse Heidi Evans, uma guia de turismo de 30 anos, enquanto ela mostrava um coração pendurado no alto de um dos muros da Rue dês Abbesses, uma movimentada via do pitoresco bairro de Montmartre, norte de Paris. Um “A” negro corta o vermelho do coração, dividindo-o em vários pequenos pedaços. O símbolo, que está pendurado em diversas ruas do bairro turístico, foi colocado para ...
[Espanha] Despedida e reconhecimento a Héctor-Tobi da Biblioteca Social Reconstruir, Cidade do México
ANA, Notícias Ativistas

[Espanha] Despedida e reconhecimento a Héctor-Tobi da Biblioteca Social Reconstruir, Cidade do México

Não havia viagem confederal que passasse pela Cidade do México que não fosse para a Biblioteca Social Reconstruir para encontrar-se com Tobi. Com seu indescritível sorriso e amabilidade nos mostrava a grande quantidade de revistas, livros e cartazes que enchiam a Biblioteca e a história do anarquismo no México. O último encontro que tivemos com ele foi em janeiro de 2019 e ali nos mostrava as revistas das e dos exilados que chegavam ao México após o golpe de estado franquista como a revista IPANEMA que se editava no mesmo barco rumo ao continente americano, ou a Revista Blanca ou os periódicos da CNT com espaços vazios em sua capa porque não haviam passado na censura republicana durante a Guerra Civil. Tobi nos contava que quando chegavam ao México estranhavam que ao invés de vir com meio...
Possibilidades de pressão sobre o regime ditatorial na Bielorrússia
ANA, Notícias Ativistas

Possibilidades de pressão sobre o regime ditatorial na Bielorrússia

Reflexões não apenas sobre como melhorar a situação dos anarquistas presos na chamada Bielorrússia, mas também sobre como contribuir para a queda da ditadura local. Recentemente, anarquistas que já possuem vasta experiência com as repressões do regime de Lukashenko foram presos. Dmitry Dubovsky, Igor Olinevich, Sergei Romanov, Dmitry Rezanovich, Mikola Dziadok, Akihiro Gaevsky-Hanada entre outros. O motivo do processo é óbvio: eles resistiram à ditadura. O regime da Bielorrússia não é diferente de outras ditaduras. Não aceita resistência ativa ao próprio mal, mesmo que seja apenas a atividade de indivíduos ou pequenos grupos. A classe dominante percebe que depois de tantos anos de opressão, qualquer resistência tem grande potencial de enriquecer o movimento até que o regime seja subjugado...
[França] Adeus ao camarada Skirda, o anarquista que lutou contra as mentiras dos historiadores
ANA, Notícias Ativistas

[França] Adeus ao camarada Skirda, o anarquista que lutou contra as mentiras dos historiadores

Recebemos a triste notícia da morte, em 23 de dezembro passado, do ativista e historiador libertário Alexandre Skirda, autor de um bom número de textos essenciais sobre a influência anarquista na Revolução Russa. Recebemos a triste notícia da morte em 23 de dezembro do ativista e historiador libertário Alexandre Skirda, autor de uma série de textos essenciais sobre a influência anarquista na Revolução Russa. Ele era filho de um ucraniano que viveu a guerra civil e de uma russa, e nasceu na França em 1942. Seu trabalho, originalmente escrito em francês, foi traduzido para vários idiomas. Seu primeiro livro, de 1971, é dedicado à revolta de Kronstadt e foi reimpresso em 2012 e 2017, incorporando novos dados após o acesso aos arquivos da ex-URSS. A copiosa coleção de fontes neste trabalho fa...
Líder do partido de extrema direita italiano é julgado por caso de imigrantes presos no mar
ANA, Notícias Ativistas

Líder do partido de extrema direita italiano é julgado por caso de imigrantes presos no mar

Matteo Salvini, líder do partido italiano de extrema direita Liga, compareceu neste sábado (09/01) diante de um juiz em Palermo por um novo caso de imigrantes presos no mar em 2019, quando era ministro do Interior.  O ex-ministro é suspeito de sequestro de pessoas e abuso de poder por ter proibido o desembarque de uma centena de imigrantes resgatados no mar pelo navio da “Open Arms”, em agosto de 2019, e ao se negar durante dias a conceder um porto seguro para a embarcação da ONG espanhola, que estava ancorada na costa da pequena ilha de Lampedusa, enquanto as condições a bordo pioravam.  Depois da primeira audiência preliminar a portas fechadas, o juiz adiou a continuação do procedimento até 20 de março, que deve determinar se Salvini será levado à Justiça ou se arquivará o cas...
Serendipidade: o que é e como usar?
ANA, Notícias Ativistas

Serendipidade: o que é e como usar?

“O acaso só favorece a mente preparada” – Louis Pasteur Em 1754, um cientista de nome Horace Walpole, ao descrever algumas das suas invenções para um colega, Horace Mann, criou o vocábulo “serendipidade”, para designá-las, por serem por ele consideradas como “acidentais”. O que são Serendipidade? Serendipidades são descobertas afortunadas feitas, aparentemente, por acaso. Quando se descobre “acidentalmente” a solução para algo de forma inesperada. Há quem acredite na crença do “acaso” para a explicação de acontecimentos em que há uma certa “coincidência”, como que uma causalidade “incausada”. Este, pelo menos, é o pensamento dos que somente conseguem perceber o sensorial, isto é, o que toca e se mostra nos limites dos sentidos físicos. Exemplos de Serendipidade: Tesla contava que enquant...
Frei Betto – um efêmero florescer que resiste
ANA, Notícias Ativistas

Frei Betto – um efêmero florescer que resiste

Por Cinthia Martins (R.A: 820266521) e Gabriella Bernardino (R.A: 818111264). Aos 76 anos o dominicano mais combativo da nossa história permanece ativo na luta contra a fome e as desigualdades. Discípulo de São Tomás de Aquino, filósofo e teólogo medieval e um dos principais Mestres da Igreja Católica, Frei Betto é desses homens que vislumbram e perseguem um ideal no horizonte utópico. O escritor e assessor da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) é referência em toda a América Latina quando o assunto é a erradicação da fome através de um projeto pedagógico e emancipatório que possibilita que os indivíduos se tornem protagonistas de suas histórias. “Quando estamos comprometidos com os mais pobres a gente é ousado, é revolucionário e combativo, porque só temos...
A prisão de Mikhail Bakunin, 1877
ANA, Notícias Ativistas

A prisão de Mikhail Bakunin, 1877

Mikhail Aleksandrovich Bakunin foi um dos fundadores intelectuais do anarquismo, muitas vezes considerado o maior rival histórico de Marx. Bakunin nasceu em 30 de maio [18 de maio, estilo antigo] de 1814 (a data é, no entanto, contestada), em Premukhino, perto da cidade de Torzhok na Tver Gubernia (província). Ilustração de Alexander Nikranovich Novoskoltsev (Russo, 1853-1919). Ele era o filho mais velho da família de um diplomata aposentado e proprietário de terras. Os pais de Mikhail eram nobres hereditários com inclinações políticas liberais. Seu pai estava em Paris durante a Revolução Francesa, recebeu seu doutorado em filosofia em Pádua e se considerava discípulo de Jean-Jacques Rousseau. A mãe de Bakunin era membro da família Muravyov e três de seus primos estiveram envolvidos no le...
Lista de Patentes de Nikola Tesla
ANA, Notícias Ativistas

Lista de Patentes de Nikola Tesla

Nikola Tesla acreditava que suas invenções eram para o beneficio da humanidade. Por isso não estava de acordo com a indústria daquela época, que via os seus trabalhos como um grande perigo para o controle das fontes de energia, e de todo o lucro dele derivado. A situação não mudou hoje em dia. As multinacionais não permitem que se conheça ou que se ponham em prática a obra e a tecnologia de Tesla. Nas escolas, muito raramente se faz mesmo a menor menção ao nome de Tesla. Algumas citações de Telas: “A maioria das pessoas está tão absorta na contemplação do mundo exterior que está totalmente alheia ao que está acontecendo em si”.“É certamente preferível produzir vegetais, e penso, por isso, que o vegetarianismo é um louvável abandono de um habito bárbaro instituído.”“O dom de poder men...
Na crise, os banqueiros tornam-se piores
ANA, Notícias Ativistas

Na crise, os banqueiros tornam-se piores

BANCOS LUCRAM COM AS CRISES! Favorecidos pelo BC com R$ 1,2 trilhão, bancos privados recusam-se a permitir que recursos cheguem a pequenas empresas e produtores rurais. Banco do Brasil é cúmplice. Estratégia visa submeter economia nacional à oligarquia financeira. Um estudo da Associação Brasileira de Economistas pela Democracia, em Carta Maior Hoje o Brasil está internacionalmente classificado como epicentro da crise sanitária. A expansão da doença provocada pelo corona vírus não cessa. No dia 23 de junho foram registrados mais de um milhão, cento e cinquenta mil casos de infecção, e cinquenta e dois mil mortos. O desenrolar desta crise, e a ausência de políticas coordenadas pelo governo federal vai pondo a nu graves distorções entranhadas na sociedade brasileira. Distorções esta...