Artigos

Espaço destinado à publicação de artigos e textos reflexivos, envolvendo questões filosóficas, políticas e sociais.

Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 3
Artigos, Facção Fictícia

Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 3

“Ninguém no mundo, ninguém na história, conseguiu sua liberdade apelando para o senso moral de seus opressores.” – Assata Shakur “A respeito desses momentos, a recomposição estatista progressista foi um passo atrás. Um retrocesso. Para aqueles que postam na emancipação coletiva, o ponto de referência deve ser sempre o grau mais elevado alcançado pela luta social, e nunca aquilo que é possível conseguir. O possível é sempre o Estado, o partido, as instituições existentes. Mas a emancipação não pode deter-se aí.” – Raul Zibechi e Decio Machado – Os Limites do Progressismo “A história se esquece dos moderados” – Andrew Bird Porto Alegre, 3 de Maio de 2020 Desde as eleições em 2018, as pessoas e movimentos sociais se perguntam qual seria a forma de uma resistência radical ao governo de Jai...
Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 2
Artigos, Facção Fictícia

Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 2

III. A imagem do futuro – populismo nacionalista ou revolução social? “Os políticos profissionais, vendo que estão perdendo terreno, porque o Estado vacila com o Capitalismo, tornam-se bandidos profissionais para continuar nos mesmos postos do poder e do assalto ao erário publico. Surgem as expedições primitivas. É o fascismo.” – Maria Lacerda de Moura, Fascismo: filho dileto da Igreja e do Capital, 1934 As revoltas de 2013 sacudiram a frágil estabilidade construída pelo governo do PT mostrando que a revolta popular não poderia ser pacificada com a conciliação de classes. A democracia não representa ninguém nem nada além dos interesses das mesmas elites, seja em qual governo for e, quando a população encontra os limites democráticos para atender às suas necessidades e ter suas vozes ouv...
Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 1
Artigos, Facção Fictícia

Brasil: Epicentro do Vírus e do Populismo? – parte 1

I. As Imagens do Desastre “A história não é feita por um punhado de ativistas com a ideologia correta, mas através de ações imprevisíveis de inúmeros proletários aprendendo a lutar juntos contra o que eles percebem (ainda que de forma imprecisa) ameaçar seu futuro. Eles entram nessas lutas com ideias contraditórias e que só são trabalhadas no processo material de sustentar esses movimentos e empurrá-los para a frente.” — Chuang “A vida e seu significado humano são a poesia feita por cada pessoa e por todas. Essa poesia sempre resplandeceu nas grandes revoltas da liberdade. Não queremos mais que ela seja, como no passado, um relâmpago fugaz. Queremos pôr em prática uma insurreição permanente, que, como o fogo apaixonado da vida, se abranda mas nunca se apaga.” – Raoul Vaneigem, Povos do ...
Compreender a resistência: uma introdução ao anarquismo
Artigos, Biblioteca Anarquista

Compreender a resistência: uma introdução ao anarquismo

Declarado de forma sucinta, anarquia é oposição à autoridade. Ao longo da história e em todo o mundo, anarquistas de todos os matizes têm escrito, protestado e trabalhado ativamente contra a autoridade em várias formas: política, econômica e social. Durante esse tempo, vários indivíduos coletaram e arquivaram a riqueza do material anarquista na forma de cartazes, livros, folhetos e discursos. Dada a diversidade de pensamento dentro do anarquismo, os arquivos individuais variam em escopo e amplitude. No entanto, cada um desses arquivos compartilha uma crença comum na importância de preservar o registro histórico das ideias e práticas anarquistas para futuros adeptos e pesquisadores. Como um movimento baseado na filosofia anti-autoritária, muitos desses arquivos não podem ser encontrado...
Teia dos Povos: Nós somos a Terra lutando para sobreviver
Artigos

Teia dos Povos: Nós somos a Terra lutando para sobreviver

Carta de apresentação da Teia dos Povos em Luta no Rio Grande do Sul Ouça o áudio da carta de apresentação da Teia dos Povos em Luta no Rio Grande do Sul: Nós, sementes da terra, saudamos e pedimos licença às nossas ancestrais, guerreiras e guerreiros, guardiãs e guardiões da vida, das sementes, das matas e das águas.  A Teia dos Povos em Luta no Rio Grande do Sul é uma articulação entre os povos do campo, da floresta, das águas e da cidade com o objetivo de traçar caminhos para a emancipação coletiva dos povos originários, quilombolas, periféricos, campesinos, ribeirinhos, sem terra, sem teto e todas e todos aqueles que aspiram romper as correntes que nos oprimem. Também nos somamos à luta das mulheres e demais grupos historicamente invisibilizados que não cab...
Desmentindo o “anarcocapitalismo”: em defesa do socialismo libertário [OASL]
Artigos

Desmentindo o “anarcocapitalismo”: em defesa do socialismo libertário [OASL]

por OASL Organização Anarquista Socialismo Libertário – São Paulo Algumas décadas atrás, não haveria qualquer dúvida na afirmação de que o anarquismo é uma ideologia socialista e de esquerda, e que o termo “libertário” (e suas variações) pertence a essa tradição política. Infelizmente, de uns tempos para cá, no Brasil, vem se popularizando o absurdo chamado de “anarcocapitalismo”, bem como a reivindicação desse termo por grupos de direita. Toda vez que algum post nosso viraliza na internet, recebemos inúmeros comentários de jovens achando a maior incongruência do mundo falar em anarquismo como parte do socialismo, em socialismo libertário etc. Essa confusão – que ocorre principalmente nas redes sociais e é promovida por certos institutos ligados a empresários – não teve início a...
Internacionalista alemão em Rojava: “Só posso aconselhar: venham aqui!” – ANF News
Artigos

Internacionalista alemão em Rojava: “Só posso aconselhar: venham aqui!” – ANF News

Por MUSTAFA ÇOBAN O internacionalista Goran Kobanê é alemão e mora em Rojava. Ele aconselha outros a virem eles próprios para a região autônoma do nordeste da Síria para se envolver no projeto democrático de base e aprender com ele. Goran Kobanê é internacionalista da Alemanha e mora em Rojava há seis anos. Em entrevista à ANF, ele explica por que foi ao norte da Síria no verão de 2015 e o que o motiva a ficar por lá. Ele aconselha todas as pessoas a virem para a região autônoma do norte e leste da Síria para ver e aprender com o projeto democrático de base e a revolução feminina. “Sou da Alemanha e vim para Rojava, para Kobanê, há cerca de seis anos, no verão de 2015. O ponto crucial e a motivação era a batalha por Kobanê. Isso estava na mídia na época, estava na imprens...
Comunicado sobre a Greve Nacional e as Jornadas de Protesto na Colômbia
Artigos

Comunicado sobre a Greve Nacional e as Jornadas de Protesto na Colômbia

Grupo Vía Libre, 8 de maio de 2021 Hoje a Colômbia vive uma das jornadas mais importantes de protesto social dos últimos anos; milhares de pessoas têm saído para expressar seu descontentamento com as políticas neoliberais do governo de Iván Duque. Por sua vez, o Estado tem respondido com desproporcionalidade, repressão e violência. Em 5 de maio, 24 pessoas foram informadas como mortas, 381 pessoas foram feridas, das quais 31 tiveram lesões oculares e 24 foram feridas por armas de fogo, 15 pessoas foram vítimas de violência baseada em gênero, 379 pessoas desapareceram e 1180 pessoas foram detidas¹. A seguir, apresentamos uma análise do protesto e esboçamos algumas tarefas para o momento presente. A Lei de Solidariedade Sustentável e o contexto político no qual ela está ocorr...
A ascensão da narcomilícia neopentecostal no Brasil – OpenDemocracy
Artigos

A ascensão da narcomilícia neopentecostal no Brasil – OpenDemocracy

Traficantes, paramilitares e igrejas se unificaram em uma “guerra santa” contra grupos rivais e religiões afro-brasileiras. por Kristina Hinz, Doriam Borges, Aline Coutinho, Thiago Cury Andries Bandeiras de Israel foram içadas nos pontos mais altos da favela Cidade Alta, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Barricadas são levantadas para conter a entrada da polícia e de grupos rivais. Nestas barricadas, o símbolo da Estrela de Davi adverte os transeuntes sobre o território em que estão entrando. Em um bunker utilizado por narcotraficantes, forças policiais encontraram munições para metralhadoras antiaéreas, coletes balísticos e uma cópia de luxo da Torá, o livro sagrado do Judaísmo. À sombra da pandemia da Covid-19, grupos criminosos assumiram o controle d...
Desconstrução é coisa de privilegiado? por Geni Núñez
Artigos

Desconstrução é coisa de privilegiado? por Geni Núñez

Reflexões sobre inversões coloniais… "Eu sou do interior, sou simples, não tenho essa discussão" - dizem muitos homofóbicos, machistas. Como se não existisse gente lgbt no interior, como se nós também não crescêssemos nessas mesmas famílias. Essa associação de que pobres (e portanto pessoas não brancas, em sua maioria) são especialmente machistas, racistas e homofóbicos é justamente expressão de racismo. Quando dizem "fulano era um homem de sua época/de seu contexto" pra passar pano pra machismo, o que querem dizer? Que nós pessoas gênero dissidentes não somos seres de nossa época? Que também não vivíamos aquele contexto passado e atual? Ser racista, machista, lgbtfóbico não é um efeito de pessoas "sem instrução", essa ignorância é produzida política e historicamente. Além...