MiniDocs

Espaço de experimentação em vídeos e textos de caráter minidocumental, envolvendo desde assuntos e acontecimentos pontuais da atualidade, quanto reflexões históricas, filosóficas e sociais mais amplas.

[Vídeo] – #ForaBolsonaro (às ruas)
Drops, MiniDocs

[Vídeo] – #ForaBolsonaro (às ruas)

Tiraram nosso direito de nos preservarmos contra a disseminação do vírus. Nos forçaram a continuar na rua, a nos movimentarmos em transporte coletivo lotados, adiaram a compra da vacina, nos forçaram a acreditar em medicamentos falsos, tiraram nossos empregos e estão tirando nossa vida. Então devemos tomar as ruas e tirar um por um desses criminosos fascistas. Cuidam-se, cuidemos uns dos outros. Agora é hora de solidariedade e luta conjunta. Vamos tomar as ruas e derrubar esse governo genocida... A política de morte tem que parar. - Pela gestão popular, independente e classista do Sistema Único de Saúde;- Pela gestão popular, independente e classista do Sistema de Educação Nacional;- Pelo fortalecimento de comitês populares regionais de Segurança Pública;- Pela queda imediata do governo g...
Documentário “RUA” (2021, 18 minutos)
MiniDocs, Notícias Ativistas, Portal Anarquista

Documentário “RUA” (2021, 18 minutos)

https://vimeo.com/553882679 RUA from Left Hand Rotation on Vimeo. Este documentário é um registo em imagens da Lisboa durante a pandemia, com as ruas desertas e em contraposição as lutas que ocuparam o espaço público no últimos anos: Feminismo, Antirracismo, Habitação e Clima, com algumas desocupações com policia de choque como aconteceu na greve climática de 2019. Um filme sobre a crise de saúde e disputas políticas que explodem na cidade. Trata-se de uma peça feita perante a necessidade urgente de voltar para as ruas e não perder o espaço público como já está a acontecer com a massificação de esplanadas, sair para a rua para fazer mais alguma coisa que não seja apenas o consumo. Como dizia o Comité Invisível: Todas as razões para fazer a revolução existem. Todas as razões estão reun...
@Antimdia1 | De Cali a Jacarezinho: Contra a Violência do Estado (Vídeo)
MiniDocs

@Antimdia1 | De Cali a Jacarezinho: Contra a Violência do Estado (Vídeo)

Parceiro de Luta - ANTIMIDIA Na Colômbia, o povo sai para as ruas contra a precarização da vida. Em resposta, a polícia assassina. São dezenas de pessoas mortas que o poder esconde utilizando os meios de comunicação oficiais e removendo informações das redes sociais. No Rio de Janeiro a operação policial “Exceptis” assassinou mais de 28 pessoas. Uma verdadeira chacina contra o povo negro e favelado. O governador do estado do Rio de Janeiro defendeu a operação afirmando que tudo aconteceu normalmente. A polícia e o governo não nos protegem! A autodefesa e a solidariedade entre os povos são nossas armas! Áudio recebido de colaboradora anônima. Para assistir no Kolektiva: https://kolektiva.media/videos/watch/cbbdd8fc-7d41-4200-ab8e-8260435653be
Apoio à Resistência Indígena – MiniDoc
MiniDocs

Apoio à Resistência Indígena – MiniDoc

Esse MiniDoc é apenas uma reunião de cenas e falas importantes de lideranças indígenas falando sobre o Brasil e o mundo, enquanto o lamentável Genocida da República fazia e faz promessas de retirada de direitos e perseguições contra a autonomia e liberdade indígena. Se alguém tinha dúvida do enquadramento técnico acerca da palavra GENOCÍDIO para designar as atitudes de Bolsonaro, sua negligência e ataques ao direito indígena em um momento de pandemia com potencial devastador, não deixa mais nenhum pudor em nós, seus críticos. Relembrar a fala de Ailton Krenak em 1987, por ocasião das audiências para Assembléia Nacional Constituinte não é apenas importante, como também emocionante e simbólico. Sua fala enquanto passava tintura preta no rosto é emblemática. A Constituição Federal de ...
A Filosofia da Catástrofe
Artigos, MiniDocs

A Filosofia da Catástrofe

Cientistas e profissionais de saúde de todo o globo terrestre nos alertam acerca da necessidade de isolamento, distanciamento social e uso de máscaras na contenção da proliferação do SARS-CoV2 - causador da COVID-19 - e suas variantes cada vez mais perigosas. Por algum motivo (suspeito que se trata do viés cognitivo de confirmação) as pessoas parecem acreditar muito mais em discursos desqualificados que dizem o contrário do que todo conhecimento acumulado que daria respaldo ao que a ciência diz. Talvez coubesse aqui uma análise sobre em que momento histórico a humanidade desenvolveu a capacidade de acreditar somente naquilo que confirma ou reforça seu código de crenças ou desejos, mas o objetivo desse texto é outro. Para além do viés de confirmação, há uma ausência de reflexão que ...
Radicalismo Necessário
Artigos, MiniDocs

Radicalismo Necessário

Da mesma forma que a palavra IDIOTA sofreu alterações em seu significado ao longo do tempo invertendo seu sentido, a palavra RADICAL também vem sofrendo transformações. Não se trata de mera extensão de sentido, ampliação ou a aquisição de sentidos figurados: é caso de mudança mesmo, total. A palavra IDIOTES, do grego, designava aquele que é voltado para si próprio. ID se refere ao SI MESMO, o EU. Na Grécia Clássica aquele cuja vida era ensimesmada, egoísta e preocupada apenas com as coisas que lhe diziam diretamente respeito, estava em oposição ao POLITIKÓS, ou seja, em oposição àquele que se voltava para os problemas da Cidade, da Pólis grega. POLIS era a cidade grega, de mesma forma que cidade em latim vem de CIVITAS. Os Romanos se chamavam cidadãos enquanto os gregos se chamavam...
A Nova Ordem Capitalista
Artigos, MiniDocs

A Nova Ordem Capitalista

A Exclusão Quando se analisa a consolidação do Estado de Bem Estar Social no período pós-guerra em resposta à “ameaça comunista” oferecida pela ex-URSS, parece-nos lógico que a guinada político-ideológica em direção ao neoliberalismo — sob os auspícios do Consenso de Washington — tenha se dado em pleno declínio, a olhos vistos, do grande império soviético socialista. A URSS já dava sinais de declínio na década de 70 com sucessivas e dispendiosas derrotas militares no Afeganistão e descia ladeira abaixo desde a eleição de Gorbachev em 85, culminando em sua dissolução em 1991. Por outro lado, no Ocidente, a década de 80 se iniciava com a eleição Margaret Thatcher em 1979 e com o ex-ator Ronald Reagan com seu vice George W. Bush pelo partido republicano em 1980. Iniciava-se, então, um...
LIBERDADE E RESISTÊNCIA À OPRESSÃO: REVOLTAS NA FRANÇA
Artigos, MiniDocs

LIBERDADE E RESISTÊNCIA À OPRESSÃO: REVOLTAS NA FRANÇA

Necropolítica e Estado de Exceção... Os recentes protestos na França acerca do decreto que penaliza filmagens de atos policiais durante manifestações, desnuda uma das maiores contradições das sociedades liberais desde sua formação ocorrida após os processos de independência dos EUA. Foi, inclusive, inspirada na declaração da Independência Americana de 1776 e no espírito iluminista do século XVII que a França elaboraria a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão em 1789, documento que inspiraria todas as constituições republicanas da França até hoje. Essa declaração, formadora do espírito francês e que iria inspirar em grande parte o mundo ocidental moderno, estabelece em seus artigos os direitos NATURAIS e IMPRESCINDÍVEIS às pessoas, entre eles: liberdade, propriedade, segu...
Racismo e Branquitude
Artigos, MiniDocs

Racismo e Branquitude

... e o caso CARREFOUR (…) raça é um conceito cujo significado só pode ser recolhido em perspectiva relacional. Raça não é uma fantasmagoria, um delírio ou uma criação da cabeça de pessoas malintencionadas. É uma relação social, o que significa dizer que a raça se manifesta em atos concretos ocorridos no interior de uma estrutura social marcada por conflitos e antagonismos. (ALMEIDA, 2019, p. 34) O racismo denunciado na morte de Alberto Freitas no interior da loja do Carrefour em Porto Alegre — RS no dia 19/11/20 não se trata apenas de uma decisão pessoal dos seguranças em espancar Alberto até a morte por ele ser negro, não é apenas um ato individual. O racismo tem sua origem em dimensões mais profundas e estruturais, e tem nesses atos uma consequência direta, um efeito concreto...
O Caso André Aranha
Artigos, MiniDocs

O Caso André Aranha

Sine Dubio Pro Masculum Por Aline Brasil e Gilberto Miranda Jr. A mulher… Ao longo dos séculos, em diferentes tipos de sociedades, não apenas as sociedades capitalistas vigentes, as mulheres têm sido sistematicamente discriminadas, controladas e determinadas pelos homens. Estes ocupam os diversos espaços de poder, desde o âmbito privado ao público. Seja na Grécia Antiga, onde mulheres sequer eram consideradas cidadãs e não podiam participar da vida pública e política da pólis, seja nos variados contextos medievais de prevalência das religiões monoteístas — onde mulheres foram queimadas e até hoje participam de uma cultura religiosa de submissão dentro e fora de casa — seja, enfim, nos chamados Estados Modernos que ampliaram o “poder pastoral” de outrora (diga-se masculino) pa...