[Espanha] A juíza arquiva a demanda contra os onze sindicalistas da CNT A.N.A.

· A primeira vista aconteceria nesta quinta-feira, 14 de janeiro

· O sindicato assumiu a causa solicitando a anulação e arquivo

O Tribunal de Instrução número 3 de Alcázar de San Juan dispôs a anulação e arquivo das atuações em relação à demanda que a dona do restaurante El Galeón havia interposto contra onze sindicalistas do sindicato CNT por supostos insultos.

A empresária acusava as onze pessoas, sem assinalar nenhum culpado nem oferecer provas, de tê-la chamado “cabrón”, misteriosamente esquecendo a concordância de gênero, e chegando a pedir na denúncia “que se decretasse uma ordem que lhes proibisse se aproximar do estabelecimento”, demonstrando um conceito de liberdade mais próprio de outros tempos que de uma democracia.

Assim pois, a central sindical assumiu a causa alegando a falsidade dos fatos, a falta de provas e a vulnerabilidade dos acusados, assim como o livre exercício da ação  sindical, de expressão e de informação. “Não tem sentido atribuir relevância penal à ação sindical de várias pessoas. O que sim ocorre é que a empresa, como último recurso e instrumentalizando o direito penal, empregue indevidamente este tipo de ferramenta contra o sindicato com o objetivo de frear a ação sindical, já que e a única forma de acabar com as concentrações frente a seu estabelecimento”, afirma a CNT.

Para a CNT Ciudad Real esta luta não acaba aqui, já que o conflito com o restaurante El Galeón segue aberto, devido a que a companheira afetada não recebeu ainda a quantidade que lhe devem por parte do restaurante desde 2019. A CNT seguirá na luta e, através de diferentes ações futuras, voltará a divulgar a absoluta precariedade que sofre o setor da hotelaria em todos os seus níveis, onde não se respeitam os direitos mais fundamentais dos trabalhadores e trabalhadoras que tem que suportar com resignação umas jornadas laborais de semi-escravidão enquanto os empresários do setor são subvencionados e lavam sua imagem desde as organizações patronais. A CNT agradece a solidariedade de todo o sindicato e de outras organizações que apoiaram sua luta neste caso e em geral contra a repressão ao trabalho sindical no setor.

Fonte: https://www.cnt.es/noticias/la-jueza-archiva-la-demanda-contra-los-once-sindicalistas-de-cnt/

Tradução > Sol de Abril

agência de notícias anarquistas-ana

Quietude –
O barulho do pássaro
Pisando as folhas secas. 

Ryushi

image_pdfPDF Exportarimage_printImprimir

Deixe um comentário...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: