Verve 39 – Revista Semestral Nu-Sol (PUC-SP)

Verve é uma publicação semestral da Nu-Sol (Núcleo de Sociabilidade Libertária), do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da PUC-SP. 

Em seu número 39: avança com mulheres e homens corajosos comemoramos os 150 anos da comuna de paris. no ritmo intenso dos poemas de Louise Michel, traduzidos por Edgar de Assis Carvalho; nos ensaios de Claire Auzias, Diego Lucato Bello, Voltairine de Cleyre; as memórias da singular revolta irrompida em 1871 seguem reverberando no agora. acompanhando os efeitos communards, entre eles a expansão dos anarquismos, a revista apresenta o artigo de florentino de carvalho sobre os efeitos do sindicalismo nos combates ácratas das primeiras décadas do século XX. Diante da criação e proliferação atual da ideia de fim do mundo, traz Edson Passetti e a incessante invenção, no presente, de maneiras de existir militantistas. A seguir, lembramos o pensamento radical de William Burroughs, em texto inédito acerca dos limites do controle e a generosa rebeldia do poeta e editor (amigo de Burroughs) Lawrence Ferlinghetti, por Gustavo Simões. José Maria Carvalho Ferreira e integrantes de El Libertário como Pascual, recordam a vitalidade de Nelson Méndez, anarquista venezuelano morto em decorrência da Covid-19. Eliane Carvalho abre as resenhas deliciosamente, relacionando dois prazeres, comida e anarquia, comentando precisamente o último livro de Nelson. E por fim, Vitor Osório, problematiza a atualidade dos embates libertários e das lutas políticas contemporâneas ao sul do nosso vasto continente. Verve 39 avança, vaga precisa, onda irresistível. feito o poema de Louise michel ela ruge.

Ruge e urge como o mar.

 

Leia e/ou baixe para ler:

image_pdfPDF Exportarimage_printImprimir

Deixe um comentário...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: